Vale a pena consumir os Shakes Emagrecedores?

30
Mai
Vale a pena consumir os Shakes Emagrecedores?

Vale a pena consumir os Shakes Emagrecedores?

A busca pelo corpo perfeito, magro e malhado, nunca esteve tão em evidência. E na expectativa de atingir resultados bastante satisfatórios e em curto prazo, sem a necessidade de investir muito tempo e esforço físico na modelação do corpo, percebe-se o intenso crescimento na difusão de informações relacionadas a perda de peso e/ ou emagrecimento. E como medida ou prática mais utilizada temos a “Dieta”. É possível encontra-lá para todos os gostos, dieta da sopa, da lua, do tipo sanguíneo, dos pontos, das proteínas e por aí vai.  Mas, o que é bem comum em grande parte dessas dietas é a questão de substituição de refeição por Shakes emagrecedores, e é exatamente essa atitude que trago como ponto de discussão deste post. Vale a pena consumir esse shakes? São realmente saudáveis?

Pois bem, já começo resultando que uma dieta com proposta de perda de peso rápido tem grande chance de insucesso e, certamente não pode ser considerada saudável. Isso porque, essa rápida eliminação de peso não é de apenas gordura, mas também de água e músculo (proteína corporal), fato que pode tornasse prejudicial e levar a um precoce reganho de peso.

Agora, vamos ao assunto dos shakes. Como já havia mencionado algumas dietas de redução calórica sugerem a substituição das principais refeições (café da manhã, almoço e jantar) pelo uso de bebida hipocalóricas e a grande questão é exatamente essa troca ou substituição. Pois é aplicada de modo generalizado, sem levar em consideração a qualidade e composição nutricional dessas bebidas, o tempo de uso e, especialmente o fato de quem fará o uso.

Sabemos que a longo prazo o consumo de shakes hipocalóricos pode levar a deficiências nutricionais, que causam fraqueza, anemia, queda de cabelo, problemas de pele, além do que, em algumas situações, pode levar a uma sobrecarga renal e do fígado, devido ao excesso de proteínas que pode contêm em suas formulações.

Outra questão a ser destacada é o fato de que essas estratégias de emagrecimentos sem orientação adequada não promovem a reeducação alimentar, situação que contribui para o reganho de peso e, consequentemente o efeito sanfona.

Diante do apresentado, o que poder ser relacionado como estratégia mais efetiva é a adoção de hábitos de vida e de alimentação saudáveis. Ação essa que deve ser planejada de maneira individualizada e sempre orientada por um profissional de nutrição. É importante também ressaltar que para que os objetivos e resultados sejam eficazes as  metas e propostas de emagrecimento devem ser elaboradas a médio e longo prazo.

Fica a Dica!

Renata Gomide - Consultora Nutricional do Dietpro

Compartilhe este post

(31)3892 7700
vendas@dietpro.com.br
Rua Verano Faria, 53 Centro
Viçosa MG - 36570000
Close