Quanto Cobrar Pela Prestação de Serviços de Nutrição?

30
Mai
Quanto Cobrar Pela Prestação de Serviços de Nutrição?

Quanto Cobrar Pela Prestação de Serviços de Nutrição?

Quem nunca teve dúvidas de quanto cobrar para elaboração de uma Informação Nutricional, uma Consultoria Nutricional ou pela Elaboração de Cardápios e Fichas Técnicas? E não é de menos, grande parte das instituições de ensino não nós preparam para essa situação, de “precificar” a nossa prestação serviços. Assim, é comum ter dificuldade, ficar perdido e intimidado quando o assunto é repassar aos clientes os custos de nossos honorários. Diante disso, elaboramos essa matéria com algumas dicas de como estabelecer preços e cobrar pelos serviços prestados.

1. Fique de olho na Tabela de Honorários

Consulte sempre a tabela de honorários, essa apresenta os valores mínimos que devem ser cobrados pelo nutricionista. Terá uma base para definir o quanto cobrar em cada serviço prestado. Essa tabela de tarifa está disponível para consulta no site da Federação Nacional de Nutricionista e nos Sindicatos Regionais.

2. Conheça os preços praticados no mercado

Se é novo no mercado, procure conhecer quanto os seus colegas de profissão estão cobrando, assim, poderá estabelecer um valor parecido, se mantendo na média. Mas, caso possua um produto ou serviço diferenciado, poderá e deverá cobrar mais por isso. Caso não tenha nenhum diferencial a oferecer, pratique um preço próximo aos seus colegas. É importante que primeiro se torne conhecido e depois avalie a necessidade ou possibilidade de reajuste em seus ordenados. Uma boa dica para quem tem interesse em ingressar no mercado de prestação de serviços e de criar estratégias que possam atrair a atenção dos seus potenciais clientes.

3. Se valorize

Como diz o ditado: se não valorizar o que faz, ninguém valorizará. Assim, se for questionado sobre o seu preço, deverá esclarecer ao questionador o quanto é oneroso prestar um serviço com qualidade e eficiência. Deste modo, o mesmo perceberá que o seu trabalho tem valor e entenderá o seu preço. O importante é que jamais pratique um preço muito abaixo do de mercado, pois desvalorizará o seu serviço e de seus colegas de profissão. E jamais pratique um valor abaixo do que é normalmente cobrado.

O profissional nutricionista vem conquistando cada vez mais o mercado e mostrando a sua importância. No entanto, em relação a questões salariais a categoria ainda não é reconhecida como deveria. Assim, nós, profissionais devemos nos valorizar, e o primeiro passo é exatamente esse, de não praticarmos valores abaixo de mercado, e sim os justos pelos nossos serviços. Só assim conseguiremos conquistar nosso espaço e a valorização no mercado de trabalho.

Renata Gomide - Consultora Nutricional do Dietpro

Compartilhe este post

(31)3892 7700
Rua Verano Faria, 53 Centro
Viçosa MG - 36570000
Close