Os diversos tipos de arroz e suas diferenças

30
Mai
Os diversos tipos de arroz e suas diferenças

Os diversos tipos de arroz e suas diferenças

O arroz é um cereal básico na alimentação, rico em carboidrato é uma ótima fonte de energia para as nossas atividades diárias. Tem sido utilizado não apenas na casadinha com o feijão, como também para o preparo de farinhas utilizadas em bolos, mingaus, doces e massas, além de ser empregado no preparo de vinagre e saquê.
No mercado podemos encontrar uma diversidade de tipos de arroz, mas qual deles é melhor para comprar? Para esclarecer essa dúvida, vamos conhecer um pouco sobre cada tipo deste cereal:

- Polido: é o famoso arroz branco. Este é o mais consumido no dia a dia. Não é um dos mais nutritivos, pois ao passar pelo processo de refinamento perde boa parte de suas fibras e vitaminas, porém é uma boa fonte de carboidratos. Apresenta alto índice glicêmico, mas quando combinado com o feijão, seu efeito glicêmico diminui e o teor proteico aumenta.

- Integral: este grão tem removido apenas a casca, permanecendo o farelo, que é uma fina película que fica entre a casca e o grão do arroz e é onde se concentram os nutrientes. É mais nutritivo do que o arroz branco, sendo rico em fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, minerais e apresenta um menor índice glicêmico. Por ter mais fibras auxilia na regularização do trânsito gastrointestinal, controle da glicemia e contribui para perda de peso.

- Parboilizado: produzido a partir do processo de parboilização, onde o grão inteiro é colocado em tanques com água quente, fazendo com que as vitaminas e minerais do farelo e do gérmen penetrem para o interior do grão. Depois de secos, estes são descascados, polidos e selecionados. Assim, esse tipo de arroz contém mais nutriente que o arroz branco. Possui maior facilidade de cocção, os grãos ficam mais soltos e com menos risco de empapar, tendo assim um maior rendimento.

- Selvagem: apesar do nome, é considera um “falso” arroz. Na verdade é uma gramínea aquática, de longas sementes escuras com elevado valor nutritivo (rico em proteínas, minerais e vitaminas). Após cozido tem um sabor que se assemelha bastante ao das nozes. Devido ao seu alto custo, tem sido bastante associado ao arroz integral nas preparações. É utilizado no acompanhamento de salada, carnes e aves.

- Negro (ou preto): parecido com selvagem, porém com grãos curto meio arredondados e com um preço mais acessível. Também de sabor acastanhado e coloração preta, este tem mais teor de proteína e fibra que o arroz integral, além de ser mais rico em compostos fenólicos, substâncias que previnem o envelhecimento devido ao seu poder antioxidante. Acompanha bem pratos à base de peixes e carnes, podendo ser consumido também na forma de saladas.

- Arbório e carnaroli: trata-se de uma variedade de arroz italiana, com grãos grossos, redondos e brancos. Possui a mesma composição nutricional do arroz polido (rico em carboidrato). Por ter uma maior concentração de amido, deixa o arroz mais cremoso, tornando ideal no preparo de risotos.

- 7 cereais ou 7 grãos: esse produto pode conter arroz integral, aveia integral, cevada, triticale, centeio, trigo integral, arroz selvagem, quinua em grãos, soja e linhaça. É rico em fibras que, além de auxiliar o funcionamento intestinal, tem grande poder de saciedade e pode prevenir algumas doenças como diabetes e doenças cardiovasculares. Também contém muitas vitaminas que atuam no nosso metabolismo.

- Japonês: usado na culinária japonesa, apresenta característica de grãos unidos. Em relação às propriedades nutricionais, possui maior quantidade de carboidratos que todos os outros tipos. Assim, deve-se tomar cuidado com a quantidade que se consome.

- Basmati: especialidade indiana, esse tipo de arroz é perfumado e saboroso. Apresenta grãos longos e finos, que dobram de volume quando cozidos, além de ficarem bem soltos. Por ser semi-integral (descascado e parcialmente polido) conserva a maioria das propriedades nutricionais.

- Vitaminado: com a ajuda da tecnologia, vitaminas e minerais, como ferro, vitamina B1, ácido fólico e zinco, são adicionados aos grãos feitos de farinha de arroz que, por sua vez, são misturados em pequenas proporções ao arroz tradicional. Tem o mesmo sabor, aroma e a textura do que o arroz tradicional.

Agora que já conhecemos os vários de tipos de arroz é só escolher. Lembrando que os integrais são mais saudáveis, pois são mais nutritivos e requerem menos gordura durante o cozimento.

Renata Gomide - Consultora Nutricional do Dietpro

Compartilhe este post

(31)3892 7700
vendas@dietpro.com.br
Rua Verano Faria, 53 Centro
Viçosa MG - 36570000
Close