Cogumelo na alimentação garante menos calorias e mais saúde

30
Mai
Cogumelo na alimentação garante menos calorias e mais saúde

Cogumelo na alimentação garante menos calorias e mais saúde

Usado na alimentação em várias partes do mundo, o cogumelo vem conquistando cada vez mais espaço na mesa dos brasileiros. Seu uso na dieta é alvo de freqüentes pesquisas, que não se cansam de descobrir novas propriedades medicinais associadas a esse alimento, dentre elas se destacam: auxílio no processo de emagrecimento, prevenção de doenças cardiovasculares e ainda controlam o colesterol. Altamente nutritivos e com pouca gordura, são ricos em vitaminas, proteínas, fósforo, vitaminas do complexo B, ácido fólico, fibras e outros elementos essenciais à saúde.

As vitaminas do complexo B são essenciais na saúde mental e emocional; as proteínas ajudam na manutenção dos tecidos; e o fósforo é fundamental para os ossos e os dentes. Especialistas apontam que o alimento também é fonte de fibras, que auxiliam no funcionamento do intestino, controlam o colesterol e favorecem o emagrecimento, pois reduzem a absorção de gordura e promovem saciedade.

Por apresentarem altos teores de ácido fólico, os cogumelos previnem doenças cardiovasculares e degenerativas, como mal de Alzheimer, e são importantes no tratamento complementar de câncer, lúpus, hepatite e HPV. E mais: os cogumelos podem ser consumidos por todos, sem exceção.

Espécies mais conhecidas

Existem cerca de 4,5 mil espécies de cogumelos comestíveis no mundo. Entre os mais conhecidos estão:

  • Shiitake: apresenta coloração escura e píleo (aquele "chapeuzinho") largo.
  • Funghi: de origem italiana, esse tipo é bastante utilizado em massas, risotos e molhos. O termo significa cogumelo em português e é popularmente conhecido como funghi secchi ou cogumelo seco.
  • Champignon de Paris: o tipo mais consumido no mundo é também o mais popular no Brasil. Pode ser ingerido fresco ou em conserva. Apresenta coloração branca.
Detalhes importantes para a compra e o consumo

Escolha durante a compra: cheque se o cogumelo está firme e com coloração forte, sem manchas escuras na superfície.

Armazenamento: o cogumelo fresco deve ser guardado na geladeira por até dez dias. Procure consumi-lo em menos tempo. Após aberto, o cogumelo em conserva pode ficar na geladeira até o término do seu prazo de validade.

Preparo: na hora de lavar, esfregue-o levemente com uma toalha de papel umedecida, enxágue e não o deixe de molho em água, pois fica encharcado e sem sabor. Ao cozinhar, corte os talos. 

Everton Oliveira, adaptado por Isadora Martins - consultora nutricional do Dietpro

Compartilhe este post

(31)3892 7700
Rua Verano Faria, 53 Centro
Viçosa MG - 36570000
Close